Primavera - CPC UMES - NOVO LACRADO

Comprando este produto você ganha 1,80 pontos de fidelidade
R$ 39,90
R$ 35,91
em até 3x de R$ 11,97 sem juros
Esse produto encontra-se indisponível.Deixe seu contato que avisaremos quando chegar.
    • 1xdeR$ 35,91sem juros
    • 2xdeR$ 17,96sem juros
    • 3xdeR$ 11,97sem juros
    • em até 3x de R$ 11,97 sem juros ou R$ 35,91 à vista
Sinopse
Quinta comédia musical com direção de Grigori Aleksandrov e trilha composta por Isaak Dunaievsky, na qual Liubov Orlova contracena com Nikolai Cherkasov, o astro de Eisenstein em "Alexandre Nevsky" e "Ivan, o Terrível". A seqüência de abertura marca o ritmo febril da reconstrução do país no início do pós-guerra, período em que se situa o enredo do filme. Uma sucessão de quiprocós leva artistas e cientistas a superarem preconceitos mútuos, aprendendo a conhecer melhor o papel de cada um na sociedade. 

Direção e Argumento Original: Grigori Aleksandrov (1903-83)
Grigori Vasilyevich Aleksandrov nasceu em Yekaterinburg, distrito federal dos Urais. Em 1921 iniciou no Teatro Proletkult uma fecunda parceria com Eisenstein, que se estenderia ao cinema. Coescreveu o roteiro de ?A Greve? (1924) e codirigiu ?Encouraçado Potemkin? (1925), ?Outubro? (1928) e ?O Velho e o Novo? (1929). Em 1930 acompanhou Eisenstein em sua viagem aos EUA, e participou, em 1932, das filmagens do inacabado ?Que Viva México!? ? em 1979 concluiu uma edição das imagens colhidas nesse trabalho. Retornou à URSS em 1933 e de uma conversação mantida com Stalin e Gorki surgiu o projeto de realizar comédias musicais estreladas por Lyubov Orlova, cantora extremamente popular na época, e que mais tarde se tornaria sua esposa. As produções deste ciclo são ?Amigos Extraordinários? (1934), ?Circus? (1936), ?Volga-Volga? (1938) e ?Primavera? (1947). Os musicais obtiveram estrondoso sucesso e abriram caminho para outros diretores que se notabilizaram no gênero, como Ivan Pyriev. De 1951 a 1957, Aleksandrov lecionou direção no Instituto de Cinematografia (VGIK). Entre seus filmes destacam-se também ?Encontro no Elba? (1949), ?Glinka? (1952), ?Grande Luto? (1953), ?Souvenir Russo? (1960), ?Lenin na Polônia? (1961), ?Lenin na Suíça? (1965) e ?Skovorets e Lira? (1974). Foi premiado três vezes com a Ordem de Lenin, e recebeu o Prêmio Stalin em 1941 e 1950.

Grigori Aleksandrov (1947), com Liubov Orlova, Nikolai Cherkasov, Faina Ranevskaia, URSS, 104 min.  P&B

AUDIO RUSSO
LEGENDA PORTUGUES
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual